• Combate ao Racismo
  • Bahia estado voluntário
  • Bahia estado voluntário

Notícias

16/09/2019 20:30

Consórcio do NE lança edital para compras coletivas de saúde

O extrato do primeiro edital de compras coletivas do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste será publicado nesta terça-feira (17), no Diário Oficial do Estado (DOE). O anúncio foi realizado por governadores da região após encontro em Natal, no Rio Grande do Norte, na tarde desta segunda (16).

"Depois de toda a apresentação ao mercado e a fornecedores, nós vamos publicar amanhã a primeira compra coletiva do consórcio, na área da saúde. Teremos outros editais até dezembro, alcançando boa parte dos produtos que hoje os estados compram. Com isso, vamos trazer economia aos cofres públicos de cada estado", explicou o governador da Bahia e presidente do Consórcio do Nordeste, Rui Costa. O edital completo estará disponível para os interessados na Secretaria da Saúde do Estado (Sesab).

Presente ao encontro, o secretário do Planejamento da Bahia, Walter Pinheiro, destacou os aspectos prioritários da iniciativa. “Primeiro é a proposta de se trabalhar em conjunto, permitindo uma conjunção de esforços, gerando eficiência do ponto de vista de como é que são adotadas medidas para aquisição de medicamentos, tendo como preocupação o atendimento de cada cidadão, de cada unidade hospitalar, de cada posto de saúde. Outro aspecto importante na esfera pública é a economicidade, com a redução de custos, inclusive de logística. Agora teremos as condições pra promover toda a cobertura, universalização e de certa forma, usando os mesmos recursos, nós vamos ter capacidade de comprar mais, melhor e distribuir com muito mais eficiência”, disse Pinheiro.

A saída da Petrobras do Nordeste e a nova lei do Fundeb também foram discutidos pelos governadores durante o encontro. "O Fundeb atual vence no início do ano que vem e estamos preocupados com o calendário legislativo. Precisamos ter uma nova lei antes do vencimento da lei atual. Caso contrário, isso coloca em risco todo o funcionamento da educação no Brasil", acrescentou Rui.

Sobre a Petrobras, o presidente do consórcio revelou que o grupo buscará diálogo junto ao Ministério de Minas e Energia e ao Congresso Nacional. "Estamos muito preocupados com o que já foi feito e o que se ameaça fazer. A venda e o fechamento dos ativos no Nordeste provocariam mais demissões e colocariam em risco até a comercialização de derivados do petróleo na região", disse. A carta de Natal, com os seis pontos abordados no encontro, está disponível neste link.

Missão na Europa

Durante a manhã, os gestores também estiveram reunidos com investidores alemães no Encontro Econômico Brasil-Alemanha (EEBA-2019), onde explicaram a formação do consórcio e anteciparam as oportunidades de negócios que serão apresentadas pelos governadores durante viagem à Europa.

"Foi uma reunião super produtiva. Mostramos o nosso forte interesse em receber investimentos dos alemães em diversas áreas, como saúde e educação. Na segunda quinzena de novembro, além da Alemanha, vamos visitar a França, a Espanha e a Itália", finalizou Rui.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.