• Combate ao Racismo
  • Geração de Empregos
  • Bahia estado voluntário
  • Bahia estado voluntário

Notícias

11/09/2019 18:50

Governo da Bahia e PNUD discutem nova parceria

O Governo da Bahia e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) estão discutindo uma nova parceria nas áreas de saúde, saneamento, agricultura e desenvolvimento regional, dentre outras. O tema foi debatido nesta quarta-feira (11), durante reunião na Secretaria do Planejamento (Seplan).

“O PNUD é um parceiro bom já de uma trajetória e nós fizemos uma conversa há cerca de vinte dias atrás, no sentido de expandir sua participação a partir de alguns projetos e atuações. Há um processo em curso entre o Ministério Público e diversas empresas na Chapada Diamantina e, no caso nosso aqui, chamamos o PNUD para uma discussão envolvendo a área de saúde, com a possibilidade de cooperação envolvendo a questão da gestão hospitalar e de equipamentos, e outros procedimentos e atitudes pautadas nessa área, inclusive no que diz respeito à questão de saneamento como uma ação básica e preponderante. Assim como também discutimos com o PNUD a possibilidade de cooperação em algumas modelagens  que  nós estamos discutindo no Estado”, destacou o secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro.

Pinheiro também informou que conversou com o Secretário da Agricultura, Lucas Costa, e com o Presidente da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional, Wilson Dias, no sentido de que o PNUD também possa trabalhar nessas duas áreas. “Então das tratativas de hoje nós tiramos algumas tarefas de lado a lado e agora é produzir o encaminhamento com a participação das secretaras finalísticas em cada projeto, a exemplo das secretarias de Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico, Agricultura, Desenvolvimento Rural e Saúde. A ideia é que cada secretaria vá assumindo as tratativas, no sentido de implementar as ações, porque o papel da Seplan é encaixar dentro daquilo que está planejado, buscar inclusive fontes de financiamento e um nível de orientação para que as secretarias que têm a responsabilidade na execução assumam as tarefas a partir daí”, disse.

O representante residente para Programa do PNUD no Brasil, Carlos Arboleda, avaliou positivamente o encontro. “Reunião importante para a manutenção e fortalecimento da parceria que a gente já tem com o Estado da Bahia, agora com um novo enfoque. Por enquanto, discutimos questões referentes a estudos e modelagens, mas terão outras coisas inclusive na área de sustentabilidade ambiental e na recuperação de algumas áreas”, revelou.

O superintendente de Assistência Farmacêutica da Secretaria de Saúde, Luiz Henrique, destacou a expertise do PNUD na parceria com o setor público. “Acho que a experiência deles e o conhecimento que têm com projetos que já desenvolveram em vários outros países do mundo pode ser de grande valia para que a gente possa agregar na área da gestão da Secretaria da Saúde, tanto do ponto de vista de redução de custos, na melhoria de práticas, enfim, com todas as áreas”, ressaltou.

O PNUD é o órgão da Organização das Nações Unidas (ONU) que tem por mandato promover o desenvolvimento e erradicar a pobreza no mundo. Com sede em Nova York, o PNUD trabalha em mais de 170 países e territórios auxiliando a erradicação da pobreza, a redução da desigualdade e a exclusão. Em parceria com governos de todas as regiões, o programa da ONU auxilia no desenvolvimento de políticas públicas, formação de lideranças, capacidades institucionais e na construção de estruturas resilientes que sustentem o desenvolvimento sustentável.

A representante residente assistente para Programa do PNUD no Brasil, Maristela Marques Baioni, e a coordenadora de Energias Renováveis da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Juliana Oliva, também participaram da reunião.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.