• Geração de Empregos

Notícias

10/06/2019 14:00

SSP promove consulta pública de licitação do projeto Vídeo Polícia

Para melhorar a prestação do serviço e o uso de recursos públicos na área de segurança, a Superintendência de Gestão e Tecnologia Organizacional (SGTO) da Secretaria da Segurança Pública promoveu, nesta segunda-feira (10), no auditório Mestre Álvaro do Centro de Operações e Inteligência (COI) – 2 de Julho, a 1ª Consulta Pública relativa à licitação do Projeto Vídeo-Polícia Expansão. O encontro apresentou o projeto para empresas interessadas em provimento, aquisição e manutenção de materiais e sistemas utilizados na atividade policial.

Presente à Audiência Pública, o secretário de Planejamento do Estado, Walter Pinheiro, ressaltou a abrangência dos serviços que serão contratados. “Na realidade, este é um serviço muito importante do ponto de vista do atendimento das pessoas, do combate ao crime, mas é um serviço, principalmente de cidadania. Então, portanto, a ideia é de que cada vez mais nossos centros possam ser utilizados também para as áreas de saúde, trânsito e gerenciamento de crises. Por exemplo, como a gente tem no mundo inteiro, a questão de evitar determinadas tragédias e utilização também para outros serviços, para agricultura, por exemplo. Então, na realidade, um grande Centro como este pode desempenhar papéis importantíssimos e a Bahia está bem avançada hoje no reconhecimento de imagem, a questão da integração de serviços também do setor privado, como o de metrô e a monitoração de grande eventos”, destacou Pinheiro.

O secretário ainda enfatizou que o governador Rui Costa tem colocado sua preocupação em utilizar o que as ferramentas tecnológicas disponibilizam hoje pra levar cada vez mais serviços com qualidade a todos os cidadãos baianos. “Então, portanto, aqui nós estamos ampliando isso pra 58 municípios, mas a ideia é você ir trabalhando cada vez mais uma cobertura em todo Estado, pra ampliar a integração de serviços”, disse Pinheiro, ao lembrar que o Estado também está contratando serviços na área de telecomunicações e conectividade, que serão disponibilizados através da Rede Governo inclusive para escolas e hospitais.

“O terceiro passo que nós estamos trabalhando nessa linha de contratação de serviços é na área de energia solar. Nós estamos vindo de uma grande reunião com determinados parceiros no mundo afora e o Estado também vai ser um grande indutor para que a gente possa garantir esse outro serviço à população, melhorando as vidas das pessoas, reduzindo custos e, ao mesmo tempo, aumentando a oferta de energia. Portanto, é o Estado preocupado com as pessoas e ao mesmo tempo levando para as pessoas um bom serviço”, completou o secretário.

O superintendente de Gestão e Tecnologia, tenente-coronel PM Marcos Oliveira, falou sobre o objetivo da contratação dos serviços. “Nosso objetivo é trazer os mais modernos recursos tecnológicos, garantindo uma efetiva prestação de serviço para a sociedade baiana e para aqueles que nos visitam e ampliando a sensação de segurança”.
 
Já o superintendente de Telecomunicações da pasta, o também tenente-coronel Antônio Carlos da Silva Magalhães, lembrou que as informações devem ser rápidas e de boa qualidade, para que se obtenha uma maior eficiência do serviço policial. “Precisamos integrar essa comunicação com dados, imagens e informações precisas, para melhor atendermos o cidadão”, afirmou, lembrando que a Stelecom é a responsável por integrar os 22 Centros Integrados de Comunicação espalhados pelo estado e estes ao COI.

Fonte: Ascom SSP/ Seplan

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.