• Geração de Empregos

Notícias

13/05/2019 14:30

Governador assina protocolo com empresa chinesa para investir U$ 7 bilhões na Bahia

"Vamos trabalhar de forma firme, dedicada e determinada para que esse projeto marque a história da economia baiana e das relações do Brasil com a China". A declaração é do governador Rui Costa após assinar em Pequim, na manhã desta segunda-feira (13), um memorando de entendimento entre o Governo do Estado e a chinesa Easteel. A empresa pretende investir na Bahia U$ 7 bilhões para implantação de um projeto de desenvolvimento integrado que deve gerar mais de 30 mil empregos diretos.

O projeto contempla a construção de um grande parque industrial integrado, composto por siderúrgica, usina de energia e diversas unidades fabris, a exemplo de uma fábrica de cimento capaz de produzir anualmente 5 milhões de toneladas. Também compõem o planejamento da Easteel a revitalização do Porto de Aratu, com aplicação de sua capacidade de movimentação, e a construção de uma cidade inteligente nas proximidades do parque industrial, para trabalhadores da empresa e seus familiares.


Participaram do ato de assinatura em Pequim cerca de 100 pessoas, entre representantes de grupos empresariais chineses e membros do governo chinês. "Tenho absoluta confiança de que este projeto coloca a Bahia como destino prioritário dos investimentos chineses", afirmou o embaixador do Brasil na China, Paulo Estivallett de Mesquita, também presente no evento. "Acreditamos no sucesso deste projeto e por isso hoje é um dia inesquecível para nossa empresa", disse Liangcheng Zhang, CEO do grupo Easteel.


Antes da assinatura do memorando, o governador Rui Costa e a comitiva baiana - formada pelos secretários da Casa Civil, Bruno Dauster; de Desenvolvimento Urbano, Sérgio Brito; e pelo senador Jaques Wagner - participaram de outras duas reuniões com representantes da Easteel, ambas no domingo. Uma delas aconteceu na sede da empresa, quando o governador garantiu a formação de uma equipe técnica do Governo do Estado para dar total apoio ao projeto.


A missão baiana em terras chinesas continua nesta terça-feira com dois encontros com empresas interessadas no projeto da Ferrovia de Integração Oeste Leste e na ponte Salvador- Itaparica. Os compromissos no país asiático seguem até a próxima quarta, na cidade de Shenzen.


Ponte

Duas tradicionais empresas chinesas confirmaram, nesta segunda-feira (13), em Pequim, interesse em participar da licitação para construção da Ponte Salvador Itaparica e execução do Sistema Viário Oeste (SVO). O assunto foi discutido com o governador Rui Costa durante reuniões realizadas com diretores da China Communications Construction Company (CCCC) e da China Railway Group Limited (Crec). "O interesse dessas empresas em nosso projeto impõe ao Governo o dever de prestar todos os esclarecimentos necessários para garantir a participação delas na licitação", afirmou o governador.


Outros projetos de infraestrutura, como a Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) também estiveram na pauta das duas reuniões. O governador aproveitou a oportunidade para destacar o êxito de parcerias público privadas que fazem da Bahia uma referência nacional na execução de obras de grande porte, a exemplo do metrô e da Arena Fonte Nova. Os secretários da Casa Civil, Bruno Dauster, e de Desenvolvimento Urbano, Sérgio Brito, além do senador Jaques Wagner acompanharam o governador. "Nós estamos na fase final de prestar esclarecimentos para todas as empresas para preparar uma minuta final do edital de licitação, que deve ser lançada no segundo semestre deste ano", afirmou Dauster.


Entre as reuniões na CCCC e na Crec, o governador Rui Costa assinou memorando de entendimento entre o Governo do Estado e o Grupo Easteel para a implantação de um parque industrial na Bahia, cujo investimento previsto é de 7 bilhões de dólares. Ao final das agendas em Pequim, o governador seguiu para a cidade de Shenzen onde faz a palestra de abertura, nesta terça-feira (14), de um fórum sobre cidades inteligentes.

Fonte: Secom

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.