• SEI Bahia
  • RH Bahia

Notícias

29/11/2018 09:20

Cedeter elege novos conselheiros

Os 11 membros da sociedade civil e do setor produtivo que irão representar os Colegiados Territoriais de Desenvolvimento Sustentável (Codeter´s), dos diferentes Territórios de Identidade, no Conselho Estadual de Desenvolvimento Territorial (Cedeter) foram eleitos nesta quarta-feira (28) durante a II Conferência Estadual dos Colegiados Territoriais de Desenvolvimento Sustentável. A conferência, realizada em paralelo à Reunião Ordinária do Cedeter, aconteceu durante a 31ª Feira Internacional da Agropecuária (Fenagro) no espaço da 9ª Feira Baiana da Agricultura Familiar, realizada no parque de exposições de Salvador. Os novos representantes irão exercer o mandato no biênio 2019/2020.

O secretário estadual do Planejamento e presidente do Cedeter, Antônio Henrique, que abriu oficialmente o evento, falou da importância do conselho e da sua satisfação em presidi-lo. “Me sinto muito feliz em participar deste espaço que vem fortalecendo as políticas públicas que promovem o desenvolvimento dos territórios baianos, sobretudo o agricultor familiar que tem importância tão grande na produção de alimentos para o nosso país”.
Durante o evento, os membros do conselho realizaram um balanço da política de desenvolvimento territorial com destaque para as perspectivas para o ano de 2019 e a importância da participação efetiva das secretarias de estado no ambiente dos colegiados. Outro ponto de destaque na pauta de discussões foi a metodologia para a construção do PPA 2020-2023 com ênfase na escuta social.

O secretário estadual de Desenvolvimento Rural (SDR), Jerônimo Rodrigues, destacou que é uma alegria ver que na Bahia a chama da política territorial continua acesa, mantendo os debates participativos entre Governo do Estado e da sociedade civil organizada, o que tem feito da Bahia uma referência nacional e internacional: "Apesar de termos o desafio de, cada vez mais, ir buscando o aperfeiçoamento de políticas que incluam o empoderamento e a inclusão das mulheres, jovens, índios, quilombolas, e outros segmentos, temos uma efetiva participação dos territórios, o que vem consolidando esse processo de construção e acompanhamento das políticas, por meio das escutas sociais, qualificando as ações".


Capacitação

Alinhar o conceito de desenvolvimento e territorialidade, demonstrar seus fundamentos e princípios, bem como, a necessidade de uma política de desenvolvimento territorial que considere uma abordagem voltada à participação social e à identidade da população de cada território. Esse foi um dos objetivos da capacitação ministrada, entre os últimos dias 26 e 27 na Seplan, para os Agentes de Desenvolvimento Territorial (ADT´s).

Durante a capacitação foi repassado aos ADT´s o conhecimento sobre a formação e manutenção dos consórcios públicos e da Agenda de Desenvolvimento Territorial (AG-TER). Os participantes foram treinados ainda nos principais instrumentos administrativos da Seplan, dentre eles, os procedimentos para solicitação e comprovação de diárias, os trâmites com a Coordenação de Recursos Humanos, a administração de patrimômio e os sistemas coorporativos que operam esses processos.            

Fonte: Ascom Seplan

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.