• Edital de Sementes Crioulas
  • Edital de Sementes Crioulas
  • Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Dia D

Notícias

24/08/2017 16:40

Evento discute avaliação dos programas do PPA 2016-2019

Com a discussão e validação da avaliação inicial do programa Educar para Transformar, realizada nesta quinta-feira (24), a Superintendência de Monitoramento e Avaliação da Secretaria Estadual do Planejamento (SMA/Seplan) encerra a atividade de discussão dos resultados da avaliação inicial dos programas do Plano Plurianual  2016-2019 (PPA 2016-2019). 

O programa 212 - Educar para Transformar está entre os quatro programas definidos como prioritários e que, portanto, foram escolhidos para nortear a atividade de discussão e validação da avaliação inicial. Fizeram parte da atividade ainda os programas 200 -Saúde mais Perto de Você, 205 -Pacto pela Vida e 213 – Água para Todos. Os eventos reuniram gestores e técnicos da administração estadual responsáveis pela execução dos programas.

Histórico 

No primeiro semestre de 2016 a Seplan contou com a colaboração de todas as secretarias da Administração Estadual e o decisivo apoio das Assessorias de Planejamento e Gestão (APG´s) para realizar as atividades da Avaliação Inicial dos programas do PPA 2016-2019, processo que integra o Sistema Estadual de Planejamento e Gestão Estratégica – SEPEGE.

A Avaliação Inicial teve por objetivo identificar eventuais lacunas de concepção, planejamento e gestão, oportunidades não contempladas na formulação original e riscos potenciais aos resultados dos programas integrantes do PPA, de modo a permitir o seu aperfeiçoamento em tempo de execução.

Na etapa de interlocução com os executores foi produzido um rico material de análise, oriundo de pesquisa de campo e oficinas de trabalho para construção de consensos sobre a concepção, planejamento e gestão dos programas, análise qualitativa de riscos e elaboração de planos de melhoria.

As conclusões e recomendações sugeridas pela equipe da Diretoria de Avaliação da SMA, a partir do material produzido, devem ser, agora, discutidas e validadas pelos executores, de modo a consolidar a base de informações que permitirá avanços no sentido da melhoria dos programas e avaliações anuais consistentes.

Fonte: Ascom Seplan

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.