• SEMINÁRIO: SISTEMA VIÁRIO OESTE (SVO) – PONTE SALVADOR-ILHA DE ITAPARICA – GOVERNO DA BAHIA
  • Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • recadastramento 2017

Notícias

31/03/2017 10:10

AG-TER é lançada no Território do Baixo Sul

A Agenda de Desenvolvimento Territorial– AG-TER, que visa o desenvolvimento dos Territórios de Identidade da Bahia, foi lançada nesta quarta-feira, (29), no Centro de Cultura Olívia Barradas em Valença, no Baixo Sul. O evento contou com a participação do vice-governador e secretário do Planejamento, João Leão, e dos secretários do Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner, do Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, e do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Maria Olívia Santana. Também estarão presentes o secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cassio Peixoto, a secretária de Politicas para as Mulheres, Julieta Palmeira e o presidente do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social da Bahia (Codes), Jonas Paulo.

Após o Diretor de Planejamento Territorial da Seplan, Thiago Xavier, apresentar à AG-TER e seus objetivos, o vice-governador apresentou as instituições parceiras da Agenda presentes ao lançamento: universidades UFRB, UNEB, UEFS, UCSAL, IFBA e IFBaiano e os bancos e organizações de fomento ao empreendedorismo Banco do Nordeste, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Desenbahia, Sebrae e os prefeitos e colegiados presentes no evento.

Durante o evento o vice-governador João Leão destacou a importância das universidades na agenda de desenvolvimento dos territórios “as universidades com seu corpo técnico, professores, alunos e todas as suas expertises, são as engrenagens da AG-TER. Por isso precisamos que elas estejam conosco nesta caminhada para o desenvolvimento”. João Leão ressaltou também que a união dos agentes do desenvolvimento visa ampliar o acesso da sociedade a cultura do empreendedorismo “Precisamos de todos os agentes envolvidos nesta ação para pegar aquele pequeno produtor e transformá-lo num grande empregador, gerando emprego e renda em seu município”.

As ações dos agentes de desenvolvimento foi lembrada pelo Coordenador do Território Baixo Sul, Geval Teófilo “ficamos muito feliz com esta presença de João Leão representando o governador Rui Costa, vários secretários de Estado e com todo esse arranjo institucional de crédito e de assistência técnica, de pesquisa e extensão. A gente fica muito feliz, porque assim a gente avança. E o que a gente tem aqui com base na agricultura familiar e no setor de pesca precisa dessa parceria com os entes públicos. Precisa da AG-TER”.

Assinatura de Protocolos

No pontapé inicial das ações da AG-TER, o Sebrae assinou Protocolos de Intenções com seis prefeituras do Território do Baixo Sul e vai investir R$ 2 milhões no Plano de Apoio aos Empreendedores do Baixo Sul, que tem foco no desenvolvimento das micro e pequenas empresas (MPE) da região. O Superintendente do Sebrae Bahia, Adhvan Furtado ressaltou também o papel das micro e pequenas empresas (MPE)."A micro e pequena empresa é um caminho para o desenvolvimento da economia. Exemplo disso está no fato de que 1,3 milhão de empregos foram perdidos no ano passado no Brasil, enquanto as micro e pequenas empresas geraram 300 mil postos de trabalho”.

Economia Solidária

Após o evento, no Centro de Cultura, a comitiva participou, ainda no município de Valença, da inauguração da loja “Espaço Solidário” que é uma iniciativa da Setre para fortalecimento da política de incentivo ao desenvolvimento da Economia Solidária. A loja vai comercializar os produtos das organizações do Baixo Sul e de redes produtivas de outros territórios. Inicialmente, o equipamento vai atender 40 empreendimentos a exemplo do grupo Sabores da Mandioca, da zona rural de Valença, composto por oito mulheres, que produzem derivados da mandioca como: beiju, farinha e sequilho.

O projeto AG-TER é uma iniciativa do Governo do Estado por meio das Secretarias do Planejamento (Seplan), de Desenvolvimento (SDR), Desenvolvimento Econômico (SDE) e Agricultura (Seagri), da Ciência e Tecnologia (Secti), da Cultura (Secult) e conta com a parceria da FECBAHIA, dos agentes financeiros, Banco do Nordeste, Banco do Brasil, Agência de Fomento do Estado da Bahia S.A. (Desenbahia), Caixa Econômica Federal, Universidades Federal e Estadual da Bahia UFBA, UNEB, UESC, UFOB, UFRB, Instituto Federal da Bahia, Instituto Federal Baiano e Sebrae.

Os Agentes de Desenvolvimento Territorial da AG-TER, atuarão na articulação entre os potenciais projetos que viabilizam o desenvolvimento econômico dos municípios e os agentes públicos e privados mediando a integração de esforços entre atores de diferentes segmentos para viabilizar a implantação de empreendimentos produtivos nos Territórios da Bahia e fomentando a cultura empreendedora, a fim de promover a geração de renda e a melhoria da condição de vida da população.

Fonte: Ascom Seplan

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.