• PPA Municipal 2018-2021
  • Programa Primeiro Emprego
  • Prêmio de boias práticas 2017
  • Programa de Estágio
  • Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste

Notícias

23/03/2017 08:30

Sistema Viário Oeste e FIOL são debatidos na Assembléia Legislativa

O projeto do Sistema Viário Oeste – SVO, que prevê a construção da Ponte do Desenvolvimento (Ponte Salvador-Ilha de Itaparica), a situação das obras da Ferrovia Oeste Leste – FIOL e do Porto Sul em Ilhéus que visam fortalecer o desenvolvimento econômico estimular a economia do Estado foram debatidos na manhã desta quarta-feira, (22), na sessão conjunta das comissões de Infraestrutura e Especial da Fiol da Assembleia Legislativa da Bahia - ALBA.

O vice-governador e secretário do Planejamento, João Leão, apresentou aos deputados e público presentes na sessão os potenciais econômicos e positivos que o projeto da Ponte e a conclusão da Fiol e do porto Sul irão proporcionar para o desenvolvimento do nosso Estado. A sessão foi presidida pela presidente da Comissão Especial da Fiol deputada Ivana que contou com o apoio na mesa dos trabalhos do presidente da comissão de Infraestrutura, deputado Hildécio Meireles.

O vice-governador ressaltou a importância da participação dos deputados estaduais na condução do crescimento do Estado da Bahia “fiquei encantado com os deputados estaduais de todas as bandeiras e de todos os partidos e como eles se mostraram interessados em participarem de tudo aquilo que for necessário para a concretização da obra da Ponte Salvador-Ilha de Itaparica e do Porto Sul que é parte da Fiol”.

Ponte Salvador – Ilha de Itaparica

Com 12 km de extensão e 32m de largura sobre o mar, a ponte vai ligar Salvador a Ilha de Itaparica e reduzir em quase 200 km a distancia entre capital baiana e os municípios do recôncavo, baixo sul, litoral e extremo sul e do oeste do Estado. Com um investimento avaliado em 7,5 bilhões, a construção da ponte do Desenvolvimento irá alavancar a economia dos dez municípios diretamente impactados prevendo ainda o projeto SVO a duplicação da BA-001, duplicação da Ponte do Funil entre Vera Cruz e Jaguaripe e a construção da rodovia, (aproximadamente 58km), entre Santo Antônio de Jesus e o município de Castro Alves.

Diversos estudos de infraestrutura regional, urbanísticos, de impacto ambiental (Licenças Ambientais já concedidas) e cultural e a criação de um plano de desenvolvimento socioeconômico para toda a macroárea do Recôncavo e Baixo Sul já estão disponíveis para consulta no site www.pontesalvadorilhadeitaparica.ba.gov.br.

O Sistema Viário Oeste promoverá o desenvolvimento socioeconômico dos diversos territórios localizados a partir da Ilha de Itaparica descentralizando a arrecadação do nosso Estado, concentrada na sua maior parte, 77%, na Região Metropolitana de Salvador.

Ferrovia Oeste Leste – FIOL


A Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL) interligará as regiões Norte e Nordeste do Brasil. Serão aproximadamente 1500 quilômetros de Figueirópolis, em Tocantins, até Ilhéus, no litoral baiano. A construção da ferrovia visa a atender, principalmente, a produção de grãos do Oeste da Bahia e a exploração de minério de ferro, típica da região de Caetité, na área central do estado. A ferrovia deverá, em breve, substituir parte do transporte de carga realizado hoje através das rodovias. A Fiol foi subdividida em trechos, conhecidos como lotes de construção. Os lotes 1 a 4, de Ilhéus a Caetité, começaram a ser construídos em 2011. Três anos depois, teve início a construção dos lotes 5 a 7, de Caetité a São Desiderio. A ferrovia já conta com lotes com 80%, 70%, 30% e 15% de avanço das obras nesses lotes.

A Fiol ferrovia tem um potencial econômico muito importante para Bahia que é um dos maiores produtores de grãos do mundo. Em alguns casos como a soja e o algodão o Estado ocupa o primeiro lugar na produção mundial. A Bahia assumiu a segunda colocação na produção de algodão ficando atrás apenas dos Estados Unidos. Na região do município de Caetité encontra-se uma das maiores minas de minérios do Brasil que pode transformar a região em uma das maiores receitas do estado da Bahia com o escoamento desta produção mineral através da Ferrovia Oeste Leste. A construção da FIOL também pode impulsionar a produção de grãos na Bahia que hoje utiliza apenas 25% da área disponível para plantio. Restando 75% dessas áreas prejudicadas pela dificuldade de escoamento da produção.

“A Bahia é um dos estados que tem a possibilidade de ter um dos maiores índices de desenvolvimento no Brasil. Nós não podemos deixar de dizer que São Paulo é a locomotiva do país. Mas nós queremos ser também locomotiva e não vagão.” Salientou o vice-governador Leão.

A deputada estadual e presidente da Comissão Especial da Fiol, deputada Ivana Bastos, agradeceu ao vice-governador pelos esclarecimentos sobre os dois importantes projetos de infra estrutura e logística para o nosso estado “A reunião foi muito positiva. Aqui nos Tivemos todos os esclarecimentos necessários sobre a visita dos chineses aos trechos da Fiol e também conhecemos o projeto da ponte Salvador - Ilha de Itaparica e que hoje nós podemos dizer que é uma realidade para o nosso Estado. Quero agradecer ao vice-governador João Leão pela sua luta e pelo seu entusiasmo e nos colocar à disposição para juntos fortalecermos nosso Estado”.

Fonte: Ascom Seplan

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.